Meditações sobre o livro de Deuteronômio (Leia Deuteronômio 30:15-20 – 31:1-6)

Sábado 20 Fevereiro

... te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua semente (Deuteronômio 30:19).

Meditações sobre o livro de Deuteronômio (Leia Deuteronômio 30:15-20 – 31:1-6)

Mais uma vez aqui chegamos a uma encruzilhada (11:26). Apenas dois caminhos estão diante de Israel, e de todas as pessoas: um leva à vida e ao bem; o outro, cheio de atrações desde o começo, conduz inevitavelmente, à morte e ao mal (v. 15. 19; Jeremias 21:8). Caro leitor, a escolha é sua. Ninguém pode decidir em seu lugar e você tem o total conhecimento dos fatos. Preste atenção à doce voz que sussurra em seus ouvidos: “Este é o caminho, andai por ele” (Isaías 30:21).

Moisés está com cento e vinte anos. Ele também teve de fazer uma escolha, oitenta anos antes. Ele recusou a honra, riqueza e prazeres da corte de Faraó, preferindo “ser maltratado junto com o povo de Deus” e carregar “o opróbrio de Cristo” (Hebreus 11:25,26). Estando absolutamente convicto de não ter cometido um erro, ele pode agora insistir com Israel e com todos os que ainda não se decidiram: “Ei, escolham a vida”. Jesus é o caminho, a verdade e a vida (João 14:6). Escolher a vida é escolher ao próprio Senhor. Ele deseja nossa felicidade. Querido leitor, escolha a vida, escolha o Senhor Jesus! Hoje é o dia, pois o amanhã não pertence a você!

Envie: Publique:

Quem Somos | Termos de uso e privacidade Feed RSS |  Facebook |  Twittercopyright © 2010 apaz.com.br