Todo Dia Com Paz

Terça-feira 28 de Junho

Jesus... disse ao paralítico: Filho, perdoados estão os teus pecados

(Marcos 2:5).

A CERTEZA DO PERDÃO (2)

"É realmente estranho", pensou a diaconisa, "o fato de nunca ter prestado atenção a isso. Eu confessei meus pecados a Deus e esperava que Ele me perdoasse e me salvasse; mas considerava orgulho dizer que eu já estava redimida".

Então se lembrou de uma série de exemplos da Bíblia. Ela pensou nas palavras do Senhor Jesus ao paralítico e também à mulher pecadora, a quem Ele disse: "Os teus pecados te são perdoados... A tua fé te salvou; vai-te em paz" (Lucas 7:48-50). Ao criminoso crucificado ao lado do Senhor Jesus foi dado a certeza: "Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso" (Lucas 23:43).

"Todas essas pessoas", disse a diaconisa para si mesma, "tinham a certeza do perdão". Ao folhear a sua Bíblia, ela se perguntava como poderia ter entendido tão pouco sobre o perdão, e a alegre certeza de que também o tinha obtido, inundou seu coração.

Regozijando-se com esta descoberta e fortalecida em sua fé, ela voltou para o quarto do homem moribundo para lhe dar os exemplos encontrados na Palavra de Deus.

Enquanto ela falava, seu rosto se iluminava. Essa foi a resposta às suas orações e à sua pergunta ansiosa. Ele acreditava nas promessas de Deus e, cheio de confiança, entregou-se para Aquele que tinha morrido por ele.

Duas pessoas tinham vindo para a luz, o homem ferido para entrar no descanso eterno e diaconisa de ser capaz de falar a outros acerca do perdão e da bênção que havia recebido de Deus para o resto de sua vida.

(Concluído)

Envie: Publique:

Adquira a versão impressa 2016

 
Quem Somos | Termos de uso e privacidade Feed RSS |  Facebook |  Twittercopyright © 2010 apaz.com.br